Mais um corpo é identificado por Peritos Papiloscopistas no IML/Petrolina-PE e acaba com dúvida e aflição de 3 famílias

No dia 29 de maio de 2018 aconteceu um fato inusitado no Instituto de Medicina Legal de Petrolina-PE referente a identificação de um corpo encontrado e levado ao Instituto. Fato que noticiamos logo abaixo:

O FATO:

Um cadáver foi localizado e levado ao Instituto de Medicina Legal de Petrolina/PE que até então tinha características parecidas de uma pessoa que três famílias aguardavam notícias após seu desaparecimento, em um dos casos a pessoa se encontrava desaparecida desde a primeira semana do mês de abril. Que segundo relatos das famílias, logo que noticiado a entrada do cadáver no IML de Petrolina, com as características parecidas ao seu ente desaparecido, deslocaram-se para o IML acreditando ter resolvido a busca pelo seu familiar.

O cadáver apresentava características peculiares que podem constar em qualquer corpo que se apresente em avançado estado de decomposição cadavérica, como por exemplo: deformidade em um dos membros, alegada por uma das três famílias, sendo que essa característica pode ser apresentada devido à fase em que se encontrava o corpo; Outro relato de um dos familiares foi a estilização das unhas,  onde qualquer pessoa pode utilizar, inclusive os trajes que podem ser confundidos com outros, pelo fato da maioria das pessoas não utilizarem peças exclusivas, podendo vários indivíduos possuírem a mesma roupa. As três famílias procuravam por pessoas desaparecidas que possuíam características semelhantes, como cor de pele, idade, altura e os trajes que foram vistos pela ultima vez. Assim, os familiares movidos pela emoção e na esperança de por fim a aflição de encontrar o corpo do seu ente desaparecido, acreditam que qualquer vestígio pode ser uma prova concreta de identificação.

O INSTITUTO DE MEDICINA LEGAL DE PETROLINA/PE (IML):

Petrolina atualmente conta com uma equipe de peritos papiloscopistas, esses empossados no último concurso, que vieram para reforçar o efetivo de peritos em identificação no Estado de Pernambuco, antes não atuantes no IML da cidade, que por meio de ciência, aplicando conhecimentos técnicos-científicos de papiloscopia, periciam os corpos em busca de sua identificação com a emissão de laudos que garantirão com objetividade, certeza e oficialidade a prova material necessária para confortar e mitigar pelo menos um pouco a dor dos familiares que buscam por seus desaparecidos.

Atualmente o IML de Petrolina dispõe de peritos especialistas em identificação humana, os peritos papiloscopistas,  que se utilizando da necropapiloscopia, perícia rápida, eficaz e de baixo custo é a mais recomendada e utilizada, pois fundamenta-se nos princípios da papiloscopia: variabilidade, perenidade e imutabilidade; garantindo assim uma identificação 100% confiável.

DA PERÍCIA NECROPAPILOSCÓPICA:

Buscando sempre obter os melhores resultados na revelação das impressões digitais, os peritos utilizaram inicialmente algumas técnicas tradicionais porém sem resultados conclusivos nos primeiros procedimentos realizados, devido ao estado em que foi encontrado o corpo, apresentando características de mumificação. Valendo-se da expertise, essência de todo perito, foi feita uma adequação de uma técnica desenvolvida para fragmentos de impressões papilares em local de crime, idealizada pela Perita Papiloscopista Isadora Davi, que trata-se da fotografia direta em negativa, onde os Peritos Papiloscopistas Ariadne Helena e Danilo Calmon adaptaram para perícia necropapiloscópica. A técnica adaptada consistiu na foto direta em negativa após um tratamento sucessivo de reidratação da epiderme das falanges distais do cadáver.

CONCLUSÃO:

A partir das imagens obtidas, com tal método, foi possível o confronto de maneira segura e eficaz com as três decadactiloscópicas (formulário que consta as impressões digitais dos dez dedos), referente as supostas identidades indicadas pelos familiares, constantes na base de dados do Instituto de Identificação Tavares Buril – IITB, concluindo-se com a subsequente positivação irrefutável da identidade do cadáver.

Assim, mais uma vez a perícia necropapiloscópica realizada pelos Peritos Papiloscopista lotados no IML de Petrolina assistindo à sociedade pernambucana, e em especial ajudou a aplacar a dor de uma família que buscava por seu ente desaparecido e que tirou aflição da dúvida de outras duas famílias que acreditavam ter encontrado seu familiar desaparecido mas que ainda o buscam, contudo têm a certeza da presença dos peritos papiloscopistas e que eles farão o possível para identificar o corpo encontrado quando forem requisitados.

 

Fonte: site Asppape

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *