Representantes da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil) esteve em Goiás no início do mês, onde foi firmado um “protocolo de intenções”, para que todos os Cartórios de Registros Civis do Estado sejam pontos de atendimento dos Institutos de Identificação, recepcionando os documentos e coletando biometrias para emissões de 1ª e 2ª vias de Carteira de Identidade.

A novidade aconteceu durante visita de Arion Toledo Cavalheiro Júnior, presidente da Arpen-Brasil e do Instituto de Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado do Paraná (Irpen-PR), e Calixto Wenzel, membro do conselho superior da Arpen-BR, ao Instituto de Identificação da Polícia Civil do Estado de Goiás e ao presidente da Federação Nacional dos Peritos e Papiloscopistas em Identificação (Fenappi), Antonio Maciel Aguiar Filho.

Os dois representantes da Arpen-BR também  visitaram a sede da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de Goiás (Arpen-GO), onde foram recepcionados pelo atual presidente, Mateus da Silva, e pelo diretor da associação nacional e ex-presidente da Arpen-GO, Rodrigo Barbosa Oliveira e Silva, para tratar de assuntos de interesse da classe.

Arion ressaltou que foi muito bem recebido pelos membros da associação goiana, que agradeceram ao ex-presidente da entidade nacional, Calixto Wenzel, que apoiou durante sua gestão (2015-2017), a implantação do fundo de ressarcimento dos atos gratuitos e aos cartórios deficitários do Estado. Também falaram sobre os desafios que o fundo goiano vêm enfrentando, e ouviram do atual presidente da Arpen-BR que a associação dará todo o apoio necessário, entrando na causa como Amicus Curiae. “Juntos somos mais fortes para encarar os desafios da classe”, destacou Arion.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *