As entidades de classe subscritoras deste documento, representativas das diferentes
carreiras das Polícias Militares, Corpos de Bombeiros Militares, Guardas Municipais,
Polícias Civis, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Policias Penitenciárias,
Agentes Socioeducativos, Peritos Oficiais, vêm perante a Nação brasileira alertar sobre os riscos de instabilidade institucional que poderão advir com o veto presidencial à excepcionalidade das carreiras da segurança pública às vedações estabelecidas no Projeto de Lei Complementar PLP 39/2020 a ser submetido à sanção presidencial após aprovação no Senado Federal, desfazendo a decisão democrática do Congresso Nacional e todos os argumentos trazidos por diferentes segmentos acerca da importância de se preservar os profissionais de segurança pública, os quais se encontram diuturnamente expostos a riscos de toda ordem no cumprimento de suas missões constitucionais e legais, inclusive expondo-se a contágio e à morte por complicações decorrentes da SARS-COV-2, como aliás já está ocorrendo com centenas destes profissionais.

 

 

Confira o manifesto na íntegra:

oficio conjunto CONTRA VETO BOLSONARO REVISADO-1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *